Aparelhos Auditivos BH, Aparelhos Auditivos em BH, Aparelhos Auditivos em Belo Horizonte, Aparelhos Auditivos Baratos, Aparelhos Auditivos Promoção

Aparelhos Auditivos BH, Aparelhos Auditivos em BH, Aparelhos Auditivos em Belo Horizonte, Aparelhos Auditivos Baratos, Aparelhos Auditivos Promoção

Aparelhos Auditivos BH, Aparelhos Auditivos em BH, Aparelhos Auditivos em Belo Horizonte, Aparelhos Auditivos Baratos, Aparelhos Auditivos Promoção

Aparelhos Auditivos BH, Aparelhos Auditivos em BH, Aparelhos Auditivos em Belo Horizonte, Aparelhos Auditivos Baratos, Aparelhos Auditivos Promoção

Aparelhos Auditivos BH, Aparelhos Auditivos em BH, Aparelhos Auditivos em Belo Horizonte, Aparelhos Auditivos Baratos, Aparelhos Auditivos Promoção
Aparelhos Auditivos BH, Aparelhos Auditivos em BH, Aparelhos Auditivos em Belo Horizonte, Aparelhos Auditivos Baratos, Aparelhos Auditivos Promoção
Aparelhos Auditivos BH, Aparelhos Auditivos em BH, Aparelhos Auditivos em Belo Horizonte, Aparelhos Auditivos Baratos, Aparelhos Auditivos Promoção Aparelhos Auditivos BH, Aparelhos Auditivos em BH, Aparelhos Auditivos em Belo Horizonte, Aparelhos Auditivos Baratos, Aparelhos Auditivos Promoção >

Blog

Audiometria: conheça e entenda porque realiza-la

Publicado dia 12/04/2018 arquivado na categoria Blog
Gostou? Então compartilhe!

Muitas pessoas durante a sua rotina de trabalho ou no dia a dia estão constantemente expostas a ruídos que podem trazer danos à saúde auditiva. Estes ruídos prejudicam qualquer pessoa podendo gerar zumbidos ou perda auditiva leve ou severa e também surdez súbita. Essas pessoas devem fazer periodicamente uma Audiometria.

A audiometria é um exame que objetiva avaliar a capacidade de ouvir e interpretar sons. O exame é capaz de detectar possíveis alterações auditivas e orientar o paciente sobre quais providências devem ser tomas. Trata-se de um exame simples, rápido e indolor e é um direito do trabalhador previsto pela NR-7, devendo ser feito por um fonoaudiólogo habilitado. Durante o exame o paciente é colocado em uma cabine acústica que esteja livre de ruídos do ambiente.

Existem vários tipos de audiometria, sendo as mais usuais a tonal e a vocal. O primeiro tem como intuito estimar o grau e o tipo da perda auditiva. Ela avalia as respostas do paciente a sons que são emitidos em diversas frequências. A audiometria tonal é considerada um teste subjetivo, pois depende da resposta do paciente ao estímulos auditivos fornecidos pelo fonoaudiólogo. Já a audiometria vocal examina a capacidade de compreensão da fala humana. O paciente demonstra a sua percepção e compreensão da fala emitida pelo examinador.

Como já foi anteriormente dito, o exame é simples e indolor, mas ainda assim é recomendado alguns cuidados. O exame exige a participação ativa do paciente, por isso, é recomendado que o paciente tenha uma boa noite de sono e repouso acústico, evitar ambientes ruidosos cerca de 14 horas antes do procedimento, e é importante ainda que o paciente informe ao examinador se existe casos de perda auditiva na família, se está fazendo uso de algum medicamento, com qual frequência se expõem a ruídos e se sente algum zumbido ou ruído em ambientes silenciosos.

 

Todos os resultados são medidos em decibéis. Apresentamos abaixo alguns possíveis resultados do exame de audiometria:

Abaixo de 25 – audição normal

De 26 a 40 – perda auditiva leve

De 41 a 55 – perda auditiva moderada

De 56 a 70 – perda auditiva moderadamente severa

De 71 a 90 – perda severa

Acima de 90 – perda profunda

 

Em relação à audiometria ocupacional, o exame deve ser feito em três ocasiões: quando se vai admitir o funcionário, a cada seis meses de trabalho e em casos de desligamento.

A realização do exame de forma periódica ajuda a evitar o desenvolvimento de problemas graves, pois a audiometria ajuda a identificar a perda auditiva em suas faces iniciais garantindo um resultado eficaz durante o tratamento. É recomendado fazer o exame pelo menos uma vez ao ano.

 

Leia também: “COMO PRESERVAR A SAÚDE DA AUDIÇÃO

Gostou? Então compartilhe!
Fale conosco